B11
O trabalho é liderado no Instituto Nacional de Tecnologia pelo pesquisador Eduardo Cavalcanti, que também coordena a Rede Sibratec de Serviços Tecnológicos e de Pesquisa em Biocombustíveis (RBIOCOMB). Cavalcanti explica que o Laboratório de Corrosão e Proteção destaca-se atualmente por reunir melhores condições de realizar avaliações, tanto laboratoriais, como de campo: mais próximas da realidade da estocagem do #biodiesel usado nas misturas.

Saiba mais na versão digital da Revista Inovativa.